Blog

Roteiro Egito: Cidades, Dicas e O Que Fazer [Guia Completo]

O Egito localiza-se no nordeste da África e faz a ponte com o Oriente Médio. Terra de mistérios, história, deserto e grandes monumentos.

O Egito e sua cultura milenar única nos encanta pelo seu povo, sua religiosidade, suas riquezas e a resistência em meio ao deserto

Por que visitar o Egito?

Ver com os próprios olhos a mais antiga e única maravilha do mundo antigo que restou praticamente intacta. Mergulhar em história e cultura com uma população amigável e receptiva.

Aproveitar o câmbio favorável do real para a libra egípcia para fazer boas compras e curtir o bom custo-benefício dos hotéis e atrações. Fora isso, o país tem uma excelente estrutura para o turismo, é seguro e tem uma culinária deliciosa, que vai te encantar. 

História e cultura do Egito

roteiro egito historia cultura

Quem nunca tentou imaginar o tempo dos antigos faraós? Entender a mística que envolve a construção da pirâmides e a sua função social?

São tantas histórias passadas no Egito. Cleópatra, a mais famosa rainha da história… O exôdo do povo hebreu e uma cultura que transcende o tempo. 

Visitar o Egito é relembrar os livros de história de uma forma dinâmica, atrativa e encantadora. Você está preparado para uma aventura?

Quais são as principais cidades para incluir no roteiro Egito?

O que você espera em uma viagem para o Egito? Dicas, curiosidades e principalmente pontos importantes para destacar no seu roteiro.

Nós listamos as algumas cidades imperdíveis para o seu roteiro e o que fazer por lá. Confira:

1. Cairo

roteiro egito cairo

Cairo tem muitos títulos: é a capital do Egito, a maior cidade da África, a maior cidade do mundo árabe e uma verdadeira metrópole. Não é por menos. No Cairo estão as Pirâmides de Gizé, o Museu Egípcio e o Grande Museu de Antiguidades, onde estão os tesouros faraônicos.

É a porta de entrada do Egito e a mais importante cidade no quesito cultura. Por vezes é como uma grande cidade caótica, mas esconde preciosidades entre sua urbanidade.

Muito rica culturalmente, basta andar pelas ruas de Cairo para se encantar pelo Egito. Toda a sua diversidade, que une mundo antigo e contemporâneo. África e Oriente Médio, e um pequeno trecho de mar até a Europa. 

As riquezas do Bazar Khan el Khalili, noivos que se divertem com amigos ao caminho do casamento, as roupas tradicionais de homens e mulheres que ora muito enfeitados ora se assemelham aos nossos pijamas. Coisas do cotidiano de Cairo.

Do seu lado mais antigo, conhecido como Misr El Kadima, temos um dos locais visitados pela Sagrada Família e de grande força espiritual. 

A basílica Al-Mu'allaqah tem esse nome porque foi construída no topo do portão sul da Fortaleza da Babilônia.

2. Alexandria

roteiro egito alexandria

A cidade de Alexandria fundada por Alexandre, o Grande, no século IV a.C.  não seria o que é — um berço da cultura oriental com a ocidental — se não fosse pela sua famosa biblioteca e sua coleção com “os livros de todos os povos da terra”. 

Por meio de papiros, livros, pinturas e peças arqueológicas foi o espaço que espalhou o saber grego clássico para o Oriente.

O maior mistério sobre a Biblioteca de Alexandria diz respeito ao seu fim em um incêndio. Não se sabe quem mandou queimar a Biblioteca, o porquê ou quando, mas o lamento pelo conhecimento perdido ficou. 

Assim, em 2002 o governo egípcio re-inaugurou o espaço e atualmente a Biblioteca conta com 8 milhões de livros e a maior coleção de livros em francês no mundo árabe!

Tão histórico quando a Biblioteca é o Farol de Alexandria, uma das sete maravilhas do mundo antigo que foi destruída em um terremoto. 

A cidade foi uma das mais importantes bases marítimas do mundo antigo. Iluminando o Mar Mediterrâneo, o Farol tinha 135 metros de altura. 

Posteriormente, foi construído no local o Castelo Baía Quait. Que vale a pena ser visitado, tanto para conhecer o interior do castelo, quando para contemplar sua vista panorâmica. 

3. Abu Simbel

roteiro egito abu simbel

O complexo arqueológico de Abu-Simbel não é o mais grandioso, é verdade, mas com certeza é o mais bem acabado do ponto de vista artístico!

Contempla os templos de Ramsés II, o faraó mais famoso da história e que teria sido criado junto com Moisés, dos 10 Mandamentos Bíblicos. Ao lado de Ramsés descansa Nefertari, a esposa preferida do monarca.

No templo de Ramsés homenageia-se o Deus Osíris, inventor da agricultura e símbolo de vida após a morte. Com 33 metros de altura, outro destaque do templo são as pinturas narrando a vida de Ramsés como a Batalha de Kadesh.

Para quem gosta de romances históricos, a série de livros Ramsés, do escritor Christian Jacq, mistura ficção e história e tem como personagens o casal.

4. Luxor

roteiro egito luxor

Luxor reserva momentos inesquecíveis e únicos, como o passeio de balão ao nascer do sol com uma vista incrível da margem oeste do Rio Nilo e os monumentos de Tebas, a capital do Império Egípcio.

As tumbas, a mumificação, as pirâmides: são tradições ligadas a visão da morte pelos egípcios. Para eles, a morte era apenas uma passagem entre um lado da vida e outro e, estando lá, o faraó continuaria o seu reinado, por isso o governante era enterrado junto da sua riqueza.

Mesmo nas épocas mais antigas da história da humanidade já havia ladrões. As pirâmides eram projetadas para serem seguras, mas nem sempre o plano obtinha sucesso. O Vale dos Reis, atração de Luxor, surgiu como um monumento nobre pensado de forma elaborada para evitar furtos.

As tumbas foram construídas no interior das montanhas utilizando túneis subterrâneos, corredores e câmaras. Outro destaque são as pinturas esculpidas nas paredes. Mesmo com 3 mil anos, algumas pinturas mantém as cores vivas! No Vale dos Reis existem 63 tumbas, com 15 delas abertas ao público.

Você ouviu falar de templo mortuário? Outra tradição do país, são construções extraordinárias feitas nas proximidades das sepulturas reais. Em Luxor o templo mortuário mais importante é o de Deir El Bahary de Hatshepsut, em homenagem a Amon-Rá, o deus do Sol.

O Colossos de Memnon também vale a visita pela sua magnitude. As duas estátuas gigantescas representam o faraó Amenófis III da XVIII Dinastia.

5. Aswan

roteiro egito aswan

A cidade de Aswan tem muita importância para a história do Egito. É de lá que vieram as pedras para os templos, sua localização é a antiga fronteira do Império porque é, também, onde fica a primeira catarata do Nilo e seu povo carrega os traços de uma civilização antiga.

Aswan atuava como a conexão entre os egípcios e o restante do continente africano. Com essas características, o que fazer em Aswan envolve visitar suas construções como o Obelisco Inacabado e a Barragem de Aswan e aproveitar a margem do Nilo em um passeio de Cruzeiro.

Pelo rio pode-se conhecer como vive a gente núbia, degustar a culinária local e suas bebidas frescas à base de chá de hibisco, ver os crocodilos que algumas famílias mantêm em suas casas e, claro, nadar nas águas do rio mais extenso do mundo.

Aswan também é o local ideal para visitar o mercado local com seus coloridos tapetes núbios e cachecóis de tecidos vibrantes.

6. Oásis de Siwa

roteiro egito oasis siwa

O Oásis de Siwa é uma cidade que fica a 850 km de Cairo, entre o deserto e a costa do mediterrâneo, um local de maior contato com a natureza. Siwa é repleta de dunas gigantes de areia, águas cristalinas, palmeiras, e as mais incríveis ruínas de templos antigos. 

A cidade habita mais de 20 mil habitantes, e por ser um lugar mais afastado, é também mais reservado, não podendo por exemplo nadar de biquíni e sunga. Mas, com certeza é um lugar que vale a pena ser visitado.            

Dentre as atrações disponíveis nesse paraíso egípcio, destacam-se:

  • Fortaleza de Shali; o principal cartão postal de Siwa, datada do século 13, foi construída com argila e sal, com o objetivo de proteger a população dos ataques beduínos. 

  • Piscina de Cleópatra; é conhecida também como um poço de água termal, com gás, e com os seus 29°C graus de temperatura. Um excelente lugar para se banhar, relaxar e se sentir uma verdadeira Deusa, assim dizem que Cleópatra fazia.

  • Templo do Oráculo; foi um dos maiores templos da região, hoje em dia o que ficou foram as ruínas desse ambiente, onde viviam os principais Oráculos da Antiguidade, como os magos e os sábios. Um lugar tão respeitado que até mesmo Alexandre o Grande, era uma das pessoas que viajava até lá para consultar.

  • Monte dos Mortos; era o local em que as pessoas importantes da época eram enterradas. É possível encontrar tumbas abertas e ainda por cima apreciar uma ótima vista de todo o Oásis de Sawi. 

7. Mar Vermelho

roteiro egito mar vermelho

O Mar Vermelho está localizado em uma enorme extensão do Oceano Índico, são aproximadamente 1900 km de comprimento, entre a África e o Oriente Médio. 

A vida submarina desse mar é extremamente rica, há cerca de 30 espécies diferentes de tubarões, mais de 1000 espécies de invertebrados, golfinhos, tartarugas, arraias, enguias e polvos. Além disso, é possível também encontrar espécies ameaçadas de extinção, como o peixe-boi.

O Egito é um dos países privilegiados por ter a passagem desse mar maravilhoso, e conta com dois principais destinos para ser visitado, Sharm Al Sheik e Hurghada.

Dicas de outras cidades para visitar no seu roteiro Egito:

  • Hurghada: mais visitada por brasileiros, pela maior facilidade de acesso ao local, por toda a sua estrutura pronta já para o receber o turismo, como os clubes, resorts, restaurantes, e cafés que podem ser encontrados por lá, sem falar nos seus 40 quilômetros de costa.

  • Dahab: localizada a aproximadamente 80 km a nordeste de Sharm el-Sheikh, Dahab já foi uma vila de pescadores beduínos, agora é considerado um dos destinos de mergulho mais apreciados do Sinai.

  • Sharm el Sheik: é um local com uma praia mais privativa, ideal para uma viagem em casal, ou em família. Além de ter excelentes pontos para o mergulho, como mergulhar pelo Thistlegorm, um navio de carga britânico da II Guerra Mundial que foi descoberto por Jacques Cousteau em 1950.

  • Marsa Alam: é uma cidade no sudeste do Egito, localizada na costa oeste do Mar Vermelho. Vem em uma crescente popularidade como destino e teve seu desenvolvimento turístico após a abertura do Aeroporto Internacional de Marsa Alam em 2003.

Roteiro Egito: opções para 8, 9, 11 ou 12 dias de viagem

roteiro egito opcoes dias viagem

Para você não se preocupar em tentar garantir o essencial do Egito no período que você quer viajar. separamos os nossos roteiros cuidadosamente elaborados.

Há opções que contemplam a partir de 8 e até 12 dias. Você pode escolher algumas datas especiais para viajar com o nosso grupo Freeway: confira aqui todas as nossas saídas e roteiros com destino ao Egito!

Roteiro Egito 8 dias: Cairo, Luxor, Aswan

Um roteiro preparado com o mais essencial da cultura do Egito para você descobrir e jamais se esquecer dessa viagem magnífica. 

Passaremos pelos principais pontos turísticos de Cairo, Luxor e tem também viagem de cruzeiro e passeios opcionais. Escolha o seu hotel.

Confira: Egito Essencial: principais destinos - roteiro de 8 dias

Roteiro Egito 9 dias: Festival do Sol de Abu Simbel

Além do nosso roteiro essencial para o Egito, aproveite o momento propício para conhecer um pouco mais da cultura egípcia.

Todos os anos, em 22 de outubro e 22 de fevereiro, um Fenômeno Solar criado pelo homem acontece no Templo de Abu Simbel. 

Este templo foi construído de tal maneira que somente nestes dois dias, o sol brilha na câmara sagrada, iluminando três das quatro estátuas que estão no interior do templo. A única estátua que não é iluminada é o deus da escuridão.

Conheça o Festival do Sol de Abu Simbel

Roteiro Egito 11 dias: Nilo e Lago Nasser

Esse é um roteiro para quem quer descobrir o  Antigo Egito também pela perspectiva de suas águas, além do essencial do roteiro de 8 dias. 

Roteiro especial para os navegantes, que aproveitará tanto o Rio Nilo, quanto o grande Lago Nasser, criado de forma artificial e uma dádiva para a humanidade.

Explore o Nilo e o Lago Nasser - 11 dias

Roteiro Egito 12 dias - Nilo, Sharm el Sheik e Península do Sinai

Esse roteiro é para aqueles que querem conhecer de forma mais aprofundada não só a história do Antigo Egito, mas relaxar e se encantar com as suas riquezas naturais.

Sharm el-Sheikh é a cidade das águas cristalinas, deliciosas para relaxar, curtir os bares e restaurantes, mergulhar nos recifes de corais. Também inclui uma subida ao bíblico monte Sinai.

Confira o passeio pelo Nilo, Sharm el Sheik e Península do Sinai!

Quando ir ao Egito? Qual melhor época para visitar?

roteiro egito quando ir

Uma das coisas mais importantes para se avaliar antes de programar uma viagem, é avaliar qual a melhor época para visitar o destino escolhido. 

E um dos principais motivos é saber qual a temperatura que estará predominante no país quando você embarcar, assim é possível inclusive se organizar melhor na preparação das bagagens, sabendo o que vai levar. 

O Egito é um país que pode vir a ficar realmente muito quente, o que as vezes fica desconfortável para a realização de alguns passeios e atrações. E essa época específica acontece entre os meses de maio a outubro, quando o verão egípcio chega.

Sendo assim, a melhor época para visitar o país, é de outubro a maio, quando a temperatura já está mais agradável(ou tolerável), e os passeios estão mais acessíveis.

Como chegar no Egito? 

A principal porta de entrada para o Egito é o Cairo, a grande capital do país. Localizada às margens do Rio Nilo, e com algumas das maiores atrações concentradas em sua área territorial, como as Pirâmides de Gizé, e a grande esfinge. 

Dentre as opções aéreas para chegar do Brasil ao Cairo, é fácil encontrar voos que passam pela Europa, como Itália e muito comum é também vir através de Dubai

O ideal é sempre programar-se com antecedência e às vezes até aproveitar para conhecer outras localidades como a Europa e o Emirados Árabes.

Quanto custa em média uma viagem para o Egito?

Viajar para o Egito pode ter um custo variado, dependendo muito das necessidades pessoais de cada um, como por exemplo a escolha de um quarto single, duplo, ou triplo. Mas, existem valores básicos que geralmente não são alterados, como as entradas das atrações principais. 

Outra coisa que diferencia os valores das viagens, é a quantidade de dias escolhidos, como exemplo o pacote " Egito Essencial " da Freeway, com 8 dias de viagem, que fica em torno de U$1172 dólares, incluindo os translados internos, as passagens domésticas, hospedagens, os principais passeios, seguro de viagem, e guia. 

Assim como há pacotes maiores, para 11 dias de viagem, como a viagem para o " Egito no Carnaval " , que além de incluir todos os tópicos anteriores, ainda conta com as passagens aéreas, e um cruzeiro de 4 noites pelo Rio Nilo, tendo o valor em média de U$3890.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem ao Egito

roteiro egito dicas para aproveitar

  • Esteja com a documentação em dia (passaporte atualizado). O visto é tirado na hora logo no desembarque no aeroporto, tem custo de 25 dólares e costuma ser muito tranquilo para todos os turistas brasileiros. 

  • Programe-se financeiramente: leve dólares para trocar pelas libras egípcias. É importante que a série das notas seja a partir dos anos 2000, algumas casas de câmbio não aceitam as mais antigas.

  • Esteja protegido contra imprevistos: contrate um seguro de viagem confiável.

  • Leve o Certificado Internacional de vacina para a febre amarela, é uma exigência para todo turista brasileiro. 

Curiosidades culturais sobre o Egito

roteiro egito curiosidades

O Egito é um destino com uma cultura única, bem diferente do que estamos acostumados no cotidiano do Brasil. Por isso separamos algumas curiosidades do país, assim você já pode ir se preparando para o tanto de novidade que esse lugar tem a oferecer: 

  • Desde 18 de junho de 1953, o Egito é considerado uma república

  • É proibido o beijo entre casais nas ruas do país, em forma de respeito e para não gerar nenhum estímulo nas pessoas ao redor. 

  • Há o costume e uma maior conexão entre os homens no país, eles normalmente andam de mãos dadas nas ruas, e dão beijos nas faces um dos outros. 

  • É de extrema importância e valor para as mulheres ricas do país, usar pulseiras de ouro nos braços, quanto mais se tem, maior é o poder financeiro

  • Os filmes que passam no Egito, são normalmente editados, é feito um filtro de algumas imagens, como cenas mais profundas de beijo.

Afinal, viajar para o Egito é seguro?

roteiro egito viajar seguro

É comum entre as pessoas que sonham em viajar para o Egito, alguns questionamentos e dúvidas sobre a segurança em viajar para o país. Como qualquer outro destino, é importante estar sempre atento e cuidando dos seus pertences pessoais. 

O Egito não é considerado um país violento e perigoso, mesmo porque, cuidar da segurança principalmente dos turistas e das áreas onde se encontram as atrações é de extremo interesse para toda economia do país, que tem o turismo em primeiro lugar.

Os locais são repletos de guardas e polícias, e as regras e fiscalizações são bem rígidas por lá. 

Uma dica é, principalmente para as mulheres, procurarem usar trajes mais discretos, isso porque a cultura egípcia é bem diferente da brasileira, muito mais conservadora e reservada. 

Então é realmente indicado respeitar essas tradições do país se assim o quer visitar. Do mais, não é preciso se preocupar, as pessoas são super receptivas e dispostas a receber os turistas, só é preciso chegar com o coração aberto para experienciar o novo.

Conclusão

roteiro egito conclusao

Agora que você tem todas as informações essenciais para a sua viagem, chegou a hora de começar e se programar. Siga as dicas da Freeway e se quiser tirar qualquer dúvida sobre roteiro, preços e atrativos, converse com um de nossos consultores

Já levamos diversos grupos para o Egito e amamos a cultura rica e única que ele nos oferece. 

Que tal embarcar nessa aventura? Vamos para o Egito!

FALE COM NOSSO CONSULTOR