Blog

Patagônia Chilena ou Argentina? Diferenças, Dicas e Roteiros

Visitar a Patagônia Chilena ou Argentina é uma das perguntas mais frequentes dos viajantes. A natureza da ragião da Patagônia é uma das mais intocadas do planeta Terra e impressiona pela sua grandeza, sua beleza e sua ampla diversidade de vegetação, clima e relevo. 

A pontinha da nossa América do Sul encanta viajantes de todo o mundo e há dois belos países que fazem parte da Patagonia, o Chile e a Argentina.

O que é Patagônia?

A Patagônia é uma região localizada em um ponto austral da América do Sul, são cerca de 800.00 km² de um território que ocupa áreas argentinas e chilenas. O local do mundo com mais geleiras fora das zonas polares.

Na Argentina encontramos uma região mais árida, com pastagens e desertos, já no Chile, temos uma floresta temperada e os famosos fiordes. Ambas recebem o nome de Patagônia Argentina e Patagônia Chilena, sendo divididas pela magnífica Cordilheira dos Andes.

A origem do nome “Patagônia” é derivada de patagões, nativos chamados de “pés grandes” pelos europeus. Povos ameríndios carregam uma história de aproximadamente 14.500 anos na região e são formados por algumas etnias.

Quais as diferença entre a Patagônia Chilena e a Argentina?

patagonia chilena ou argentina quais diferencas

Existem algumas diferença entre a Patagônia Argentina e a Chilena, fora a cultura de dois países distintos. Ambas contemplam atrações igualmente surpreendentes e tem uma parte norte e outra parte sul.

A maior parte da Patagônia encontra-se na Argentina, onde inclusive se concentram um maior número de cidades, o que consequentemente fez com que essa parte fosse mais visitada e explorada. Além de oferecer uma maior infraestrutura para receber os visitantes, o que já não acontece tanto na Patagônia Chilena, que se encontra um pouco mais isolada.

Um dos seus principais pontos turísticos é a cidade de Ushuaia, mais conhecida como a cidade “do fim do mundo”, por se localizar no extremo austral da América do Sul.   

A Patagônia Chilena ocupa uma área de 240 mil quilômetros quadrados de superfície, que vão de Puerto Montt até Punta Arenas. Punta Arenas é um dos principais pontos do país, a porta de entrada ou saída dos navios de cruzeiros.

Patagônia Argentina

patagonia chilena ou argentina

Geografia

Com uma área de aproximadamente 930 mil quilômetros quadrados, a Patagônia Argentina concentra 11 parques nacionais e outras diversas reservas naturais, onde se encontra muita vida selvagem e uma grande variedade de espécies de animais. Como na Península Valdés e a Punta Tombo, com a maior colônia de pinguim-de-magalhães do mundo.

Há cinco províncias na região: o Rio Negro, Santa Cruz, Chubut, Terra do Fogo e Neuquén. 

Como chegar?

O acesso para a Patagônia Argentina se dá através de sua capital, Buenos Aires, seguindo com um outro voo local para Trelew, El Calafate ou Ushuaia. Os aeroportos operam o ano inteiro.

Uma outra opção também é fazer um cruzeiro, a Freeway tem inclusive alguns roteiros incríveis com a companhia Australis, que tem como destino os fiordes e canais da Terra do Fogo, na patagônia chilena e argentina.  

A estrutura dos barcos foi especialmente desenvolvidas para navegar nos fiordes patagônicos, conta com cabines espaçosas, todas com vista externa, e de muito conforto interior. 

Passeios na Patagônia Argentina

patagonia chilena ou argentina parque nacional los glaciares

Parque Nacional Los Glaciares

Localizado na cidade de El Calafate, o Parque Nacional Los Glaciares integra a lista do Patrimônio Mundial da UNESCO e é o segundo maior do país protegendo 600.000 hectares de floresta subantárticas, além de diversos animais.

A experiência única do Parque é a de permitir acesso ao glaciar Perito Moreno, um dos mais acessíveis do mundo para quem quer ver de perto, a partir de passarelas, a queda de blocos de gelo de até 70 metros de altura!O visual do Parque ainda garante ao visitante ver outros glaciares e montes andinos, contemplando essa beleza selvagem.
 

Museu do Fim do Mundo

O Museu do Fim do Mundo homenageia a região considerada nos primórdios de sua ocupação como “fim do mundo” por ser a região mais austral do Globo. O Museu preserva objetos e peças desses primeiros moradores, os “indígenas” das tribos yámanas e selk`nam, que vieram de terras além mar.

Cordilheira Martial e ao Paso Garibaldi

Imagine o visual de uma trilha na Patagônia. Se você é fã de caminhar sentindo a natureza, a trilha pela Cordilheira Martial e ao Paso Garibaldi é imperdível! O caminho reserva montanhas de neve, bosques de lengas, riachos, uma visita ao Lago Fagnano, o maior de Ushuaia com mais de 100 km de extensão e ao Lago Escondido, que permite a prática da canoagem. O lugar ainda permite uma vista linda da cidade e do Canal de Beagle.

Parque Nacional Terra do Fogo:

É um dos pontos turísticos mais importantes de Ushuaia, com uma enorme área verde, topografia montanhosa, lagos, bosques e uma belíssima paisagem natural
O lugar também é conhecido por se encontrar no final da Ruta N3, que faz parte do sistema de rodovias panamericanas. Assim como o famoso Trem do Fim do Mundo, o mesmo que transportava lenha para os prisioneiros em Ushuaia, a matéria prima da construção do presídio.

Confira nossos pacotes e roteiros para Patagônia Argentina!

Patagônia Chilena

Geografia

A geografia da Patagônia Chilena oferece o melhor de dois mundos, ricas áreas verdes arborizadas e uma região completamente inóspita, onde se encontra a terceira maior extensão de gelos continentais do mundo. Cerca de 21 mil quilômetros quadrados.

A região também é bem conhecida pela sua grande quantidade de águas cristalinas, com tons esverdeados, muitos terrenos bem arborizados e uma vegetação predominante de estepe. 

Como chegar

Assim como para a Patagônia Argentina, o acesso para a área Chilena também se dá por meio da grande capital do país, Santiago. A grande diferença é que há muito menos opções de acesso ao local, onde o turismo ainda está ganhando experiência. 

Sendo assim, a cidade de Punta Arenas é uma das únicas formas de se acessar a Patagônia Chilena e a mais próxima também.

Passeios na Patagônia Chilena

patagonia chilena ou argentina passeios

Parque Nacional Torres Del Paine

É um dos mais impressionantes atrativos chileno, cercado de lagos, rios, cascatas, glaciares, e animais selvagens como raposas, choiques, lebres e guanacos. O Parque tem como grande destaque uma imensa massa montanhosa, onde há vários circuitos de trekking para os amantes de caminhada. Como o circuito W, com os seus 70 km, e o Circuito O, com 120 km, que se leva no mínimo 7 dias de trekking.

Parque Nacional Bernardo O’ Higgins

Uma das curiosidades mais legais sobre este Parque é que ele é a maior reserva de água doce do mundo. Outro fato interessante é que em seus limites vivem populações nômades que se locomovem por canoas. 

Um local feito para apreciar a dimensão das montanhas até a costa e sua vegetação rara, as enormes cascatas de água produzidas pelo degelo e a presença de cormoranes e lobos marinhos.Também é a oportunidade perfeita para aprender sobre formas e tonalidades de icebergs com os do Glaciar Serrano.

Ilha Magdalena

A ilha nos reserva um passeio muito mais do que especial, navegar e caminhar em direção a colônia de pinguins Magallanicos em seu habitat natural. Durante a caminhada é possível ver por volta de 100.000 até 170.000 pingüins. Chega-se então em um antigo farol. Momento de desfrutar uma espetacular vista do Estreito de Magalhães. 

Confira nossos pacotes e roteiros para Patagônia Chilena!

Qual a melhor época para visitar a Patagônia Chilena ou Argentina?

A melhor época para viajar pela Patagônia é sem dúvida de novembro à março. Preferencialmente mais próximo do verão, quando os dias estão mais longos e o clima menos frio. 

Para nós brasileiros, acostumados ao calor, é sem dúvida a melhor escolha para programar uma viagem. É o período turístico da Patagônia Chilena ou Argentina, quando os parques recebem muitas pessoas. 

Já nas épocas de meia estação, como primavera e outono, haverá mais frio, por outro lado é o momento em que os valores caem e ainda é possível desfrutar de alguns atrativos da região. 

No inverno normalmente os atrativos turísticos, assim como hotéis e pousadas pouco funcionam devido ao frio extremo e o gelo no local. Nessa época, o turismo chileno e argentino concentra-se mais nos atrativos da neve, como o esqui. 

Afinal, Patagônia Chilena ou Argentina?

patagonia chilena ou argentina afinal

Não dá pra dizer que uma é melhor do que a outra, e sim diferentes. Por isso se você não tem tempo suficiente para passar pelas duas em uma única viagem, é legal refletir o que você está procurando experienciar. 

A Patagônia Chilena é bem menos habitada do que a Argentina, o que acaba se tornando uma ótima opção para quem procura um local mais reservado, com menos fluxo turístico, de puro contato com a natureza, e com vivências únicas

O lado negativo disso é que o acesso é um pouco mais limitado, por ser mais isolado e por ter uma menor variedade, o preço pode ser um pouco mais caro do que na Argentina.

Já na Patagônia Argentina, a infraestrutura para o turismo já está bem desenvolvida, com maiores opções de hospedagem e restaurantes por exemplo. Pode ser uma boa escolha para quer fazer uma viagem mais confortável, com acesso a várias coisas, mercados, lojas, cafés e restaurantes.

O que fazer na Patagônia Chilena?

Há muitos atrativos para se fazer na Patagônia Chilena, como o Glaciar Grey, com a terceira maior extensão de gelo continental do mundo. Esse é com certeza um dos principais passeios, localizado dentro do Parque Torres del Paine, onde se pode subir os paredões de 30 metros e caminhar sobre as águas congeladas.

A Reserva Nacional Futaleufú é outro lugar impressionante. São 12.000 hectares de florestas coníferas e animais protegidos. Conta também com o rio Futaleufú, o lugar perfeito para a prática de esportes como o rafting e o caiaque.

O Cabo Born é um dos lugares mais procurados e ficou conhecido como “o fim do mundo”, por ser o último ponto ao sul do continente, antes da Antártida. É também o grande ponto de encontro dos oceanos Pacífico e Atlântico. 

Uma coisa é certa, a Patagônia tem aventuras de todos os níveis e para todas as pessoas, esteja você viajando sozinho, acompanhado, com toda a família, ou um grupo de amigos. 

O que fazer na Patagônia Argentina?

A Patagônia Argentina assim como a Chilena, conta com uma boa diversidade de atrações, mas com certeza tem algumas delas que você não pode deixar de conhecer, como o Ushuaia. 

Não é à toa a fama do Ushuaia, afinal esta é a cidade mais próxima da Antártica, e nem por isso deixa a desejar em sua hospitalidade. A sua infraestrutura é excelente, com ótimos restaurantes e hotéis e as paisagens são de cair o queixo. 

San Martin de Los Andes é outra cidade especial da Patagônia Argentina, localizada em meio a Cordilheira, e onde se encontra o Parque Nacional Lanín, e o seu imenso vulcão, que carrega o mesmo nome. Além disso, há dois maravilhosos lagos onde se pode navegar, o Huechulafquen, e o Lácar.

Glaciar Perito Moreno, é uma das paisagens mais impressionantes da América do Sul, o cenário é representado por uma imensidão de gelo, e muitas montanhas ao redor. A visita pode ser feita por uma passarela de 5 km, onde se pode tirar muitas fotos e apreciar toda a beleza da geleira, ou há também a opção de fazer um Safári Náutico, onde se navega por uma hora pelas águas que circundam o local. 

Dicas e Roteiros para a Patagônia Chilena e Argentina

Se você busca conhecer os lugares mais lindos da Patagônia em uma só viagem, temos uma ótima sugestão de roteiro. Iniciar pelo glaciar Perito Moreno e curtir um passeio fluvial por icebergs e glaciares do Parque Nacional Los Glaciares. 

Depois desfrutar das paisagens inesquecíveis do parque chileno de Torres del Paine com suas imponentes torres de granito e o contato direto com dezenas de animais nativos. Passe por Ushuaia e você conhecerá a cidade mais austral do planeta, chamada de cidade do Fim do Mundo. Ali, bosques, altas montanhas e o canal de Beagle formam uma paisagem deslumbrante

Será uma viagem inesquecível pelos extremos da terra e para ver de perto animais exóticos como pingüins de Magalhães, lobos marinhos e milhares de aves austrais. 

Quer opções de roteiro incríveis como esse?

Passo a passo para escolher entre a Patagônia Chilena ou Argentina

patagonia chilena ou argentina passo a passo escolher

Avalie quanto tempo você tem

Se você tem apenas alguns dias, o ideal logístico é conhecer ou Argentina, ou Chile. Por conta dos deslocamentos, câmbio e hospedagem é essencial ver qual destino prefere.

Caso tenha algumas semanas, já dá para se programar e conhecer melhor uma delas e até mesmo conhecer toda a Patagônia de uma vez. Na verdade para isso seria necessário muito tempo, ou várias viagens.

A realidade é que a Patagônia é um destino para ser visitado mais de uma vez. Por isso, pode se preparar para refazer ou descobrir novos roteiros em próximas oportunidades.

Saiba qual o seu estilo de viagem

Você está buscando uma experiência de maior aventura ou conforto? Quer cidades grandes ou locais isolados? Gosta de que tipo de hospedagem?

Para escolher um bom roteiro na Patagônia é importante avaliar primeiramente o seu perfil de viajante. Como mencionamos, ambas tem atrativos incrivelmente belos. Porém estruturas diferentes para o turismo.

Nós da Freeway incentivamos experiências que percorrem boa parte da Patagônia, seja chilena ou argentina. Por isso temos roteiros que contemplam os dois países. Nossos pacotes oferecem estruturas excelentes em ambos destinos.

Chilena ou Argentina, conheça a Patagônia!

Ficou claro que seja Chilena ou Argentina, ambos destinos apresentam boas oportunidades turísticas. Resta agora, programar a sua viagem para a Patagônia e curtir esse destino. 

Vem com a gente! A Freeway separou inúmeros roteiros para você viajar: