Tocantins - Aldeia dos Krahôs - Ritual Pêpcahác - saída em grupo

7 dias

Tocantins

Envie para o cliente voltar para o topo


A ideia de visitação em aldeias indígenas já acumula alguns anos de tentativas, mas nunca antes foi tão vista com o valor necessário e representativo no cenário dos nossos encantos turísticos. Abrir as portas para essa possibilidade deve primar pela ótica indígena e não apenas a do mercado, pois o objetivo é um mergulho na ancestralidade e não um espetáculo circense. O contato dos passageiros com estas comunidades será de uma troca justa de experiência humana e valores éticos, promovendo a revitalização destas culturas e a retomada da auto-estima dos índios.


Visitando uma aldeia, você, “etnoturista” participa ativamente do resgate e reconhecimento dos valores dos nossos antepassados. Seja bem vindo a este grande encontro.  


 


LOCAL: Aldeia Manoel Alves Pequeno


A Aldeia leva este nome por causa do rio que faz a fronteira da Terra Krahô. 


Com uma população de 346 pessoas, está localizada a cerca de 8 km da cidade de Itacajá-TO. Construída no formato circular, original das aldeias Krahô, conta com serviços de telefone e internet.


A proximidade com a cidade permite que os jovens tenham mais oportunidade de estudar, muitos cursam o ensino médio e faculdade, mas isso não impede que participem ativamente das festas e rituais da aldeia, mantendo viva às tradições culturais.  






AMJI KIN:“Ritual Pêpcahàc !”  


Pemp’kahàc 


O “pemp’kahàc” é um ritual que marca a passagem de jovens para a adolescência.  Durante a festa, que dura 03 dias, as crianças, que permaneceram durante um período isoladas, aprendendo os rituais da tribo, são apresentadas à aldeia e, ao final, emplumadas e enfeitadas, para participarem do “grande final”, que certamente ficará marcado em suas memórias e também de quem assiste o ritual pela primeira vez.  






O que é um Amikin?


Amikin literalmente quer dizer “estar feliz”. Para os Krahôs é a expressão para estado de felicidade. Este estado pode ser comemorado através de uma simples brincadeira ou um grande ritual, que por mais sério que seja, significa celebração e contentamento. Quando os Krahôs estão em Amikin, não resolvem nada importante ou grave, apenas vivem seu estado de felicidade, momento em que realizam a corrida de toras, comem o parparuto (um bolo cerimonial) e cantam a noite inteira em torno da fogueira. Ficar junto, correr, cantar, celebrar e reverenciar os antepassados através da tradição são expressões de amikin. 


Os amikins diferenciam entre si e vão desde de inúmeras brincadeiras para alegrar a aldeia, a troca de alimentos cerimonial, o final de um resguardo (am'tire), como pode ser uma grande festa da qual toda a aldeia participa ou um ritual importante. Os amikins sempre seguem um enredo, uma história antiga, que os krahôs atuais representam, seguindo a tradição milenar. São centenas de cantos, toques de maracás e danças que nunca devem ser esquecidos e que muitas vezes seguem uma linguagem arcaica, já extinta. Como se fosse o latim, por exemplo. 


O que chamamos "rituais", geralmente são cerimônias que celebram as "passagens" de uma situação a outra. Pode ser um ritual de passagem de idades, ou um ritual de final de luto, promovido pela família do falecido. 


(Texto:
Fernando Schiavini) 

Roteiro voltar para o topo

Vivencia Tribal nas Aldeias da Etnia Krahô 
 
Programação:

Legenda: C=café da manhã; A=almoço; J=jantar.
 
1° DIA - 08/06 - Origem/ Palmas  
Recepção no aeroporto Internacional de Palmas e traslado ao hotel. Por volta das 15h teremos um bate papo com Fernando Schiavini sobre os costumes e o conceito de integração da proposta da visitação da Aldeia. No final da tarde iremos para a pousada em que ficaremos hospedados e sairemos para um passeio de lancha voadeira ou flutuante pelo rio Tocantins acompanhados, com sorte, de um belo pôr do sol. Poderemos nadar no rio, neste passeio. Retornamos então ao porto e faremos uma confraternização na orla da praia da Graciosa e iremos para nossa pousada.  
 
2° DIA –  09/06 - Aldeia – Municipio de Itacajá - TO (C,A,J)
Após o café da manhã, sairemos em direção ao norte do estado, vamos nos deslocar por aproximadamente 330 km por uma estrada que em um certo trecho, tem em seu lado direito, a Serra do Lajeado e em outro, na sua margem esquerda, o lago da represa do rio Tocantins.Parada para almoço na cidade de Sta. Maria ou Itacajá.
Por volta das 14:30h, chegaremos à cidade de Itacajá, a partir dali, deixaremos o veículo e caminharemos aproximadamente 6 km por uma agradável trilha no meio do cerrado até a chegada à Aldeia, onde seremos recebidos pelos nossos anfitriões. As bagagens serão conduzidas por nossa equipe e acomodadas nas barracas já devidamente montadas.Reconhecimento da Aldeia. Jantar de boas-vindas e roda de prosa com fogueira.

3° DIA –  10/06 – Passeio de barco e visita a uma aldeia vizinhas. (C,A,J)
Após o café da manhã, por volta de 08:00h a bordo de voadeiras, subiremos o rio Manoel Alves Pequeno em direção a Aldeia da Barra, onde seremos recebidos pela comunidade liderada pelo seu cacique. Conheceremos a Aldeia e faremos um pequeno lanche com a comunidade. Em nosso retorno, durante o trajeto náutico, teremos parada para banho em um afluente de águas cristalinas.
Voltaremos para o acampamento por volta das 13:30 onde nos aguarda um delicioso almoço e redes para descanso. Por volta de 15:30 realizaremos atividades com arco e flecha.Banho de rio, jantar, e conversas com os krahôs ao redor da fogueira e depois como é de costume, nossa noite começa no pátio junto com os krahôs sob o céu estrelado de Tocantins e os ritos do Amikin. o rito atravessa toda noite até o amanhecer, e as atividades são abertas a todos que queiram participar.


4° DIA – 11/06 Conhecendo a cultura e o entorno da Aldeia.(C,A,J)
Logo pela manhã, antes do dejejum, no centro do pátio vamos assistir os jovens e adolescentes saírem para o mato acompanhados pelos pais onde terão atividades. Alguns pais vão providenciar varas de três metros e meio a quatro metros. As mulheres vão pintar os corpos e cortar os cabelos dos adolescentes. 
Logo após este rito, tomaremos nosso delicioso café e depois faremos uma caminhada pelo cerrado por cerca de 4 km (ida e volta) até o roçado de uma das famílias da aldeia, para que todos conheçam as formas de plantio e os alimentos cultivados pelos Krahôs. Durante o percurso, teremos a orientação de lideranças Krahôs, sobre roçado e conceituado trabalho de recuperação das sementes tradicionais, movimento do qual os Krahôs são pioneiros no Brasil e na América Latina.
Nosso destino é uma agradável cachoeira onde desfrutaremos de banhos refrescantes e relaxantes. Retornaremos para aldeia por volta de 13:30, onde nos aguarda um delicioso almoço.
Por voltas da 17h todos voltam para a aldeia. É o início das cantorias que se estendem até a meia noite. Após esse horário, os cantores param em frente a uma das casas da aldeia para recuperar a energia e a voz, alimentando-se e hidratando o corpo. Após esse intervalo, as cantorias recomeçam, terminando apenas ao amanhecer. Durante todo o dia, as pinturas, cortes de cabelo e preparação do paparuto acontecem simultaneamente. 

5° DIA  – 12/06 - Fim da Festa.(C,A,J)
Logo ao amanhecer, bem cedo, vamos presenciar a corrida do tronco de buriti (“corrida de toras”) e após as competições e os rituais, os participantes pegam seus pedaços de paparuto que ficou assando durante toda a noite e levam para o centro da Aldeia para compartilharem com seus partidos.  
Nosso café será servido logo após ao final deste evento com a deliciosa tapioca Krahô, e ainda pela manhã, participaremos de uma feira dos belíssimos artesanatos Krahôs, podendo negociar e levar para casa as exclusivas peças elaboradas pelos talentosos artesões.
Por volta de 14:30 a 15:00h, participaremos de um bate papo com explicações da cultura e do sistema tribal e depois uma divertida dinâmica com a língua Krahô.
Após o pôr do sol, banho de rio opcional, aguardando o jantar. Após o jantar, conversa com os anciões ao redor da fogueira com nossa noite terminando no pátio junto com os krahôs que se reúnem para cantorias sob o céu estrelado de Tocantins.

6° DIA – 13/06 – Retorno para Palmas. (C,A)
Nosso café da manhã será servido das 07h às 08h e após as despedidas, por volta de 09:00h damos início ao nosso retorno, para os que quiserem é possível um último banho de rio na aldeia.
Almoço no restaurante da praia do segredo, com belíssima vista para o lago do rio Tocantins onde é permitido banhos. Depois percorreremos os 50 km restantes para chegarmos a Palmas. 

7° DIA - 14/06 -  Palmas/ Origem (C)  
Após café da manhã traslado para o aeroporto de Palmas com destino à origem.

Saídas voltar para o topo

  • 08

    Jun

    2020

preços por pessoa |Somente terrestre voltar para o topo

Deslize a tabela para os lados para ver mais valores

Hospedagem

Apartamento

Duplo

Single

Triplo

Chd1

Validade

Camping e Hotel Girassol Apto Standard R$ 5.450 8x R$ 681 R$ 5.850 8x R$ 731 R$ 5.350 8x R$ 669 R$ 5.300 8x R$ 663 08/06/2020 até 14/06/2020 solicitar reserva

FORMAS DE PAGAMENTO
- No Cheque: Em até 8 vezes iguais sem juros no cheque pré-datado. Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica cujos proprietários não sejam os viajantes;
- No Cartão: Entrada de 20% (depósito ou cheque) + 7 parcelas iguais nos cartões Visa, Mastercard e Diners. O Cartão de crédito deverá ser do próprio passageiro ou de parente em primeiro grau, com o mesmo sobrenome;
- No Boleto Bancário: Em até 8 vezes iguais sem juros (1+7);
- Pagamento à vista (depósito ou cheque): 3% de desconto.

O que inclui voltar para o topo


INCLUIDO:
- Transfer in/out Palmas/Itacaja/Palmas.
-  Transfers locais 
-  Passeio no flutuante em Palmas
- Transporte fluvial em canoa motorizada: Aldeia Manoel Alves/Aldeia da Barra/Aldeia Manoel Alves.
- Coletes Salva-Vidas durante as navegações.
- Guia de Turismo e condutores locais;
- 02 pernoites em hotel em Palmas-TO.
- 04 pernoites em camping;
- Refeições: 06 cafés da manhã; 04 almoços; 04 jantares, lanches a disposições na aldeia.
-  Vivências variadas;
-  Seguro Viagem Nacional(consulte suplemento para maiores de 70 anos); 

NÃO INCLUIDO:
- Passagens aéreas até Palmas; 
-  Refeições não mencionadas acima;
-  Despesas de ordem pessoal. 


OBSERVAÇÃO:  
* A programação acima pode sofrer alterações devido a fatores climáticos, de acesso ou outros que a operadora julgue que possam interferir na segurança ou bem-estar dos viajantes;
* Preços sujeitos a alterações sem aviso prévio;
* Lugares sujeitos à disponibilidade;
* Caso o passageiro adquira por conta própria o seu bilhete aéreo, deverá informar à Freeway sobre todos os seus dados, inclusive acerca de suas eventuais alterações; 
*As atividades seguem uma dinâmica de previsões que é naturalmente mais livre, passando por momentos de decisão diária das próprias lideranças indígenas e serão atualizadas por nossa equipe e informadas para os visitantes. O tempo da aldeia segue o princípio Kairos, anulando consideravelmente os domínios de Cronos*. 

CONDIÇÕES GERAIS:
* Documentação para embarque: para sua tranquilidade providencie a documentação com antecedência.
* Crianças menores de 18 anos que não estejam acompanhadas de pai e mãe, devem obrigatoriamente ter autorização com firma reconhecida daquele que não está presente.
* Verifique com o consultor se os valores divulgados tem restrições para o mínimo de participantes.
* A ordem dos passeios não será obrigatoriamente a descrita.


CANCELAMENTO E DEVOLUÇÕES:
De acordo com as condições do contrato de prestação de serviço.

Dicas & Informações voltar para o topo

 

O QUE LEVAR: Roupas leves para caminhada e roupa de banho; Dois pares de tênis e meias de algodão; Mochila pequena para caminhada; Protetor solar e repelente; Chapéu ou boné; Lanterna; Capa de chuva; Cantil; Agasalho; Traga sempre com você seus medicamentos pessoais.

CLIMA: Tropical Seco 

A RESERVA:Localizadas no centro-oeste do Brasil à aproximadamente 1.200 km de Brasília, as  ldeias indígenas Krahô contribuem para a preservação de cerca de 300.000 HC. (3000 km2) de cerrado, sendo esta a maior área contínua preservada deste bioma. 

VACINAS:
 O ministério da saúde recomenda (porém, não obrigatório) a vacinação contra febre amarela para todos os viajantes acima de 09 meses de idade que entram em zonas endêmicas no Brasil, como a região amazônica.

INFRAESTRUTURA NA ALDEIA: A aldeia conta com área de camping contendo uma casa de apoio, cozinha, dois banheiros com pias, vasos e chuveiros quentes e um quiosque externo com duchas frias.
Artesanato: Recomenda-se levar algum dinheiro para eventual compra de artesanato indígena, são belíssimos.

ALIMENTAÇÃO NA ALDEIA: A casa de apoio contará com cozinheiro/a tradicional e regional preparando refeições típicas com produtos locais, teremos agua mineral e frutas à disposição.  

SEGURANÇA: Durante toda a viagem contamos com um carro de apoio. As cidades onde pernoitaremos são servidas por hospital público ou centro de saúde. 

INFORMAÇÕES GERAIS:
As vivências incluem diferentes atividades nas quais os visitantes poderão interagir com os indígenas de diferentes formas, seja através das pinturas corporais, do feitio de artesanatos, das rodas de prosa, dos cantos e danças e do contemplar da natureza.

Acampando na Aldeia: Os visitantes, ao chegarem à aldeia, encontrarão suas barracas devidamente montadas. Nossa estrutura conta com barracas de configurações sempre acima da capacidade, com colchoes pneumáticos ou de espuma, travesseiros e roupa de cama e banho. Cada barraca conta com uma rede de casal à disposição.

A permanência dos turistas junto aos indígenas na aldeia é uma experiência inesquecível, um mergulho às nossas raízes. Dormir e acordar neste ambiente surreal, no meio do cerrado, assistindo de camarote o nascer e o pôr do sol ou contemplando a chuva como parte companheira do espetáculo de sensações que a natureza nos proporciona, é um luxo que esquecemos em nossas vidas urbanas. Prepare o paladar da sua alma e o espírito de aventura para se reconectar a essência natural de todos nós.

CHD – 03 a 12 anos – Apenas acompanhados por um familiar responsável.

 

Entre em contato!

RESERVE OU TIRE SUAS DÚVIDAS - Ligue para 11 5088-0991 ou preencha o formulário abaixo: