Blog

Bonito: Quando Ir, O Que Fazer, Roteiros e Dicas Incríveis

Com certeza você já sonhou em nadar nas águas cristalinas azuis de Bonito. Separamos aqui as principais dicas para você programar a sua viagem com um roteiro completo, sabendo o que fazer. 

Por que conhecer Bonito?

Bonito é um grande pólo do ecoturismo no Brasil, o destaque da cidade se dá pela cor de suas águas, extremamente transparentes, ocasionado por conta da geologia do lugar que é composta por muitas rochas, principalmente o calcário.

A cidade está localizada no Mato Grosso do Sul, a 300 quilômetros da capital Campo Grande, e o que não falta são motivos e atrações para conhecer Bonito. São parques ecológicos, rios, grutas, cachoeiras e uma grande diversidade de esportes e atividades de aventura para se praticar. Caiaque, tirolesa, arvorismo, mergulhos, quadriciclo em trilhas, fazer flutuação nos rios cristalinos e ter visibilidade incrível da diversidade de peixes e da vasta flora aquática. 

Além disso, a cidade apoia a sustentabilidade, os passeios em Bonito são planejados, a preocupação com horários e o número de visitantes nos locais visa proteger o meio ambiente da região. A cidade faz parte do complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena e existem mais de 4.000 espécies de plantas e mais de 2.000 espécies de peixes e aquáticos.

E claro, uma maravilhosa culinária para complementar os dias que estiver por lá. Não deixe de provar a Taboa, uma bebida local, que é carinhosamente preparada com aguardente, mel, canela, guaraná em pó e outras ervas. Tudo bem artesanal. A embalagem é feita com um tipo de capim abundante na região e o consumo se dá em copos de cerâmica.

Entre os pratos típicos de Bonito destacam-se os peixes e frutas encontrados no Pantanal. Peixes na técnica da telha, molho de frutas locais, farofas e até sashimi de piranha são alguns dos pratos encontrados na região.

A proximidade com o Paraguai já ajuda você a conhecer um pouco da culinária do outro lado da fronteira também. Em alguns locais, é inclusive possível provar a sopa paraguaia, uma espécie de bolo salgado. Leva milho, leite, óleo, queijo em abundância e cebola!

Pronto, agora não tem mais desculpas para você não ir para Bonito!

Qual a melhor época para viajar para Bonito?

bonito qual melhor epoca

Há dois períodos bem específicos para visitar Bonito, um deles é na época de chuva e o outro é no período de seca. Cada um apresenta cenários diferentes de uma mesma paisagem que reflete diferentes condições do tempo e também das atrações.  

Na época mais chuvosa, que vai entre os meses de dezembro e março, as cachoeiras estão mais cheias e as matas mais verdes. Mas por ser o momento da piracema, há menos peixes nos rios e as águas ficam mais turvas. 

Algumas atrações podem acabar recebendo destaque, como a Gruta do Lago Azul, enquanto outras ficam inacessíveis.  

Na época de seca, que vai entre os meses de maio e agosto, os peixes já estão em maior abundância e as águas mais cristalinas. A temperatura é um pouco mais baixa, normalmente fazendo calor durante o dia e frio a noite.

Por isso é de extrema importância observar o período em que você está programando a sua viagem, saber das condições locais naquela época para se organizar para isso. 

Como chegar em Bonito?

Há algumas possibilidades para se chegar em Bonito. A cidade tem um aeroporto, o que facilita muito, porém são apenas alguns dias da semana e horários específicos de voos, o que torna o valor um pouco mais alto. 

A outra opção, e que é inclusive a mais frequente é pegar um voo até o Aeroporto Internacional de Campo Grande, que conta com voos diários em diversas companhias.

Bonito está a aproximadamente 300 km de Campo Grande, a grande capital do Mato Grosso do Sul. As opções para quem descer na capital são; alugar um carro, o que oferece autonomia para curtir os passeios, há a opção dos ônibus na rodoviária.

Mas recomendamos pegar um transfer até o seu lugar de hospedagem. Pois a viagem pode ser um pouco cansativa. Fica melhor ainda se você já reservar o seu passeio com a Freeway, assim não precisa se preocupar com mais nenhum detalhe da sua viagem. Entre em contato com a gente!

O que fazer em Bonito? Dicas incríveis

Atrativos para visitar em Bonito não faltam. São mais de 40 credenciados e esse número ainda está em expansão. 

Cachoeira, flutuação e grutas são passeios que não podem faltar no seu roteiro. Separamos para você as principais atrações que recomendamos: 

Visitar as cachoeiras de Bonito

bonito visitar cachoeiras

Bonito tem surpreendentes cachoeiras, que merecem visitas. Dentre tantas belas e refrescantes opções, destacamos três.

A Estância Mimosa é uma charmosa e típica fazenda sul-matogrossense. O lugar oferece trilhas interpretativas onde se passa por sete diferentes cachoeiras com ótimos locais para banho em piscinas naturais. Com passarelas suspensas, pequenas grutas, mirantes e uma plataforma de salto com 6 metros de altura, o passeio é uma aventura inesquecível para qualquer idade. 

A Boca do Onça proporciona uma caminhada de 4 mil metros pela mata preservada em trilhas que proporcionam total segurança, leva você até onze cachoeiras, dentre elas a Cachoeira Boca da Onça com 156 metros de queda livre – a mais alta do estado do Mato Grosso do Sul – as águas do Rio Salobra, um dos berçários dos peixes do Pantanal.

O Parque das Cachoeiras envolve uma trilha com vários pontos para banhos nas quedas e piscinas naturais esverdeadas do Rio Mimoso. A visita fica melhor com redário, mirante e a observação da fauna local.

Conhecer os balneários em Bonito

Bonito nos presenteia com ótimos balneários, que encantam e são escolhas certeiras para tomar um delicioso banho de rio. Flutuação e mergulho complementam essa visita. A seguir alguns deles:

  • Balneário Municipal é o mais acessível e preferido dos moradores, onde é possível se deliciar nas águas do Rio Formoso. O local conta com infraestrutura para o lazer.
  • Praia da Figueira é outro local de águas calmas para curtir um banho no Rio Formoso enquanto contemplas os peixes. Para relaxar, tem uma centenária figueira para sombrear.
  • Balneário do Sol tem uma paisagem belíssima e é mais um ponto para banho no Rio Formoso com direito a piscinas naturais, cachoeiras e oportunidade para curtir um belo dia.
  • Balneário Nascente Azul é uma escolha bem completa, repleta de atrativos para toda a família e próximo à nascente do Rio Bonito

Fazer passeio de flutuação 

bonito passeio flutuacao

A atividade é realizada enquanto se boia na água de barriga para baixo. Com suporte de colete, ou bóias o passeio é feito com equipamentos como máscara e snorkel. Assim se desfruta da natureza interior do rio, como os peixes. 

O passeios podem contar ainda com um barco de apoio e demais estruturas quando vão descendo a correnteza do rio.

O passeio de flutuação no Rio da Prata começa na nascente do Rio Olho D'água com uma agradável caminhada pela mata ciliar de árvores centenárias. A flutuação vai até o encontro dos rios com muita contemplação do mundo subaquático. 

A flutuação no Rio Sucuri também é muito parecida, indo de sua nascente até o Rio Formoso. Percorre 1500m de puro encantamento natural. A natureza ao redor completa a beleza do percurso

Praticar rapel

Bonito também é um destino para quem curte aventura. E o rapel também tem no município um dos principais pontos da prática no país.

A Cachoeira Boca da Onça, maior do Mato Grosso do Sul, proporciona a maior plataforma do rapel no Brasil. São 90 metros de altura e uma estrutura com 34 metros de comprimento.

Outro ponto muito procurado é o Abismo Anhumas, onde há uma descida de 72 metros de altura. Ainda há uma caverna com águas cristalinas para mergulhar ao final. Perfeito! 

Fazer bóia cross em Bonito

bonito boia cross

Outra forma de curtir os rios de Bonito é com boia cross. Cada um usa sua boia, equipado de equipamentos de segurança para desfrutar do passeio e curtir a natureza.

O principal rio utilizado é o Rio Formoso, em que atravessam-se pontos de calmaria, alguns obstáculos de corredeiras. A emoção é garantida. 

Fazer tirolesa em Bonito

Tirolesa é mais uma emoção para quem gosta de altura. E é possível curtir em diversos pontos de fazenda na região de Bonito. 

Se você quer vivenciar uma experiência emocionante, a Nascente Azul tem uma tirolesa com um belo visual e terminando no rio. 

Observar animais silvestres

bonito observar animais silvestres

Bonito é uma região muito procurada pela possibilidade de observar animais silvestres. Uma visita pode proporcionar belos avistamentos de aves como araras, tucanos, curicacas, carcarás, urubus, pássaros-pretos, gralhas, papagaios, periquitos, eventualmente o acauã e o gavião-pato. Assim como mamíferos como o tamanduás e répteis como a grande sucuri. 

O Buraco das Araras tem um percurso encantador que os leva até uma das maiores dolinas do Brasil. Durante o trajeto pode-se observar a vegetação e fauna típica do cerrado. A contemplação é feita a partir de dois mirantes, instalados na beira do abismo.

Conhecer a Gruta do Lago Azul e outras cavernas

bonito conhecer gruta lago azul

O ponto turístico mais famoso de Bonito, a Gruta do Lago Azul, tem cerca de 60 milhões de anos e é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Lá, já foram encontrados fósseis de animais pré-históricos. 

A dica é que o local é apenas para visitação. Até hoje não se sabe a profundidade máxima do lago. Na Gruta do Lago Azul também existe um crustáceo pré-histórico, tão antigo como os próprios dinossauros. O nome da espécie é Potiicoara Brasiliensis, catalogado em 2002, e é um camarão de água doce.

Há outras grutas que podem ser visitadas, como a gruta de São Miguel com suas formações de calcário subterrâneos e a gruta São Mateus, que traz também o histórico da região.

O que levar na mala para Bonito?

Na hora de preparar as malas é sempre uma grande dúvida do que levar, o que é realmente essencial para a viagem. É importante nesse momento observar em que época está prevista a sua viagem, qual a estação predominante, assim como quais são os tipos de atrações que você pretende fazer e diante disso separar as peças chave. 

Pensando no contexto geral de Bonito, separamos alguns itens essenciais para uma viagem para lá:

  • Mochila 

  • Tênis para trilha 

  • Roupas confortáveis para esporte

  • Toalha para os passeios  

  • Trajes de banho

  • Boné ou chapéu

  • Óculos de sol

  • Agasalho meia estação

  • Chinelo

  • Protetor Solar

  • Repelente

  • Remédios que você utiliza com maior frequência 

  • Snacks para levar na bolsa

  • Câmeras 

  • Carregador de celular e da câmera

  • Carregador portátil se tiver 

  • Capa para fotos subaquáticas

  • Máscara de mergulho 

  • Caderno de anotações para escrever coisas importantes durante a viagem

  • Dinheiro em espécie, pois não há todos os bancos na cidade 

Se ainda assim você tiver alguma dúvida do que levar para a sua viagem, converse com algum atendente de viagem para te auxiliar nesse momento. Os atendentes da Freeway estão sempre disponíveis para tornar a sua viagem o mais agradável possível.  

Como circular na cidade?

A maioria das visitações em Bonito ocorrem por transporte coletivo, vans, ou carros de alguma agência especializada ou até mesmo veículo próprio. Ao chegar aos locais o transporte é totalmente ecológico: você pode aproveitar passeios com bicicleta, cavalgadas, botes e caminhar nas trilhas.

As atrações locais ficam em direções variadas, algumas um pouco distantes da cidade. Para ajudar, a Freeway tem roteiros selecionados em Bonito com os melhores atrativos e te levando até todos eles.

Bonito de carro ou com vans compartilhadas?

As duas opções, tanto ir de carro até Bonito, quanto utilizar das vans irão te agregar uma experiência maravilhosa, mas é claro que existem diferentes benefícios em cada uma delas.

A grande vantagem em ir de carro é que você pode organizar os seus horários e passeios conforme a sua vontade, o que às vezes é bom para quem está indo com um grupo de amigos ou família. 

Dica: se essa for a sua primeira opção, alugue um carro em Campo Grande e vá até Bonito com ele, pois na cidade os valores de aluguel são muito mais caros, justamente por ser um local turístico. 

Já a escolha da van compartilhada é uma ótima opção para quem não quer se preocupar com a organização dos horários por exemplo, nem com nada mais. Assim como ter que dirigir até as atrações todos os dias. 

As empresas que fazem esse tipo de transporte normalmente já deixam tudo organizado, todo o cronograma do dia, desde o ponto de encontro para o passeio, até o local de parada para o almoço e o retorno ao final do dia. 

Essa é a melhor opção para quem quer viajar sozinho ou mesmo em casal, só precisa ter em mente que pode unir-se com um grupo. Também é preciso estar sempre atento aos horários, já que os horários precisam ser coordenados com o planejamento coletivo.

Onde comer em Bonito?

É claro que viajar inclui degustar, principalmente quando você vai para um lugar que nunca foi antes. Bonito recebe a todos os visitantes com um circuito gastronômico, que fica no centro da cidade, onde pode se encontrar das mais diversas especialidades locais.

Dentre os principais pratos, estão os peixes de água doce, com molhos especiais, petiscos para acompanhar, com porções extremamente generosas, que pedem uma boa cerveja gelada do lado. 

Além disso, há opções de lanches, pizzas, pratos vegetarianos, e até comida árabe. Separamos alguns dos principais restaurantes da cidade, olhá só:

  • Casa do João: é o mais conhecido da cidade, um verdadeiro ponto de encontro dos turistas. O ambiente é super aconchegante e espaçoso, e conta com pratos típicos da região pantaneira, como a traíra frita, pintado a urucum.

  • Turquesa: é um restaurante com petiscos e pratos da culinária árabe, com foco em ingredientes naturais, com opções vegetarianas, em ambiente tranquilo e artístico.

  • Zapi Zen: é especialista em pizzas leves, feitas na chapa e com opções integrais, conta também com wraps, sucos e cervejas artesanais. Perfeito para quem procura pratos mais naturais.

  • Sale e Pepe: é composto por pratos regionais e orientais, como sashimis de piranha e piraputanga, peixes assados sem espinhas, caldos e sushis. 

  • Juanita: é um restaurante onde também se encontra pratos regionais que servem entre 2 a 3 pessoas, como o pacu na brasa, acompanhado de batatas e brócolis na manteiga. O ambiente tem uma pegada campestre e aconchegante.

Roteiros incríveis da Freeway para Bonito

bonito roteiros incriveis freeway

A Freeway separou diversos roteiros para você que quer curtir Bonito sem se preocupar com nada mais. Selecionamos os melhores atrativos e opções de hospedagem:

Roteiros de 5 dias:

Roteiros de 8 dias

Como é a vida noturna em Bonito?

bonito vida noturna

Digamos que o forte de Bonito é curtir a natureza durante o dia e descansar a noite para poder desfrutar de suas águas cristalinas com a energia revigorada.

Por isso, não alimente expectativas nas opções de entretenimento. Mas há excelentes opções gastronômicas e principalmente muitas lojas e alguns bares interessantes.

Dentre eles, destacamos o Bar Taboa, com música ao vivo e o Oca Bar, com excelentes opções de porções. Aproveite a noite para passear e curtir o clima mais fresco após um dia de calor em Bonito.

Programe a sua viagem para Bonito

Já deu para ter um gostinho de como é viajar para Bonito, né?!

Agora que você tem todas as informações que precisa para viajar, programe a sua viagem!

Converse com um de nossos especialistas sobre Bonito. A Freeway é pioneira do ecoturismo no Brasil e leva grupos há décadas para conhecer a região. Dê uma olhada nas nossas opções de roteiro para Bonito!