Blog

Duas viagens místicas que você precisa fazer!

Gosta de viagens místicas? Então não deixe de conhecer, pelo menos uma vez na vida, esses dois destinos. Machu Picchu e Irlanda Celta.

 

O mundo está repleto de estruturas monumentais que atravessaram séculos e hoje são verdadeiros registros de civilizações perdidas no tempo.

Armações de pedras que ainda são um mistério tanto sobre sua utilidade, geralmente espiritual, quanto seu modo de construção. Stonehenge e pirâmides do Egito são alguns dos locais mais conhecidos por isso.

Mas hoje vamos falar de dois outros lugares que abrigam muitas histórias, lendas e espiritualidade para ser explorada. Destinos imprescindíveis se o que você procura são viagens místicas.

Machu Picchu

A cidade perdida Inca, que na língua quíchua significa “velha montanha” só foi redescoberta em 1931. Devido a sua localidade geográfica, manteve-se preservada pela invasão espanhola.

Inclusive, muitos atribuem a função da cidade ser um refúgio preservado do império Inca. Apesar disso, historiadores ainda não sabem dizer ao certo quando ela foi construída, sua verdadeira utilidade para o povo quíchua e nem porque ela foi abandonada.

Uma das sete maravilhas do mundo moderno, Machu Picchu recebe turistas do mundo todo. E até os mais céticos relatam sentir energias muito únicas e transformadoras ao viajar para o local.

O santuário é dividido entre a zona agrícola e urbana. Nesta, é possível ver a perfeição simétrica de encaixe de pedras e todos os grandes salões e estruturas ligadas a espiritualidade inca.

Há altares para oferendas, mesas de sacrifícios e áreas para meditação e purificação. É possível perceber todo detalhe acústico cuidadosamente projetado. Numa das salas, encaixando-se entre as pedras das paredes, dá pra ter uma experiência sonora ao entoar o mantra “aum”.

Machu Picchu, assim como o Lago Titicaca, está localizado numa região que muitos místicos afirmam ser um dos pontos energéticos da Terra. Por isso, o local faz parte das viagens místicas de turistas do mundo todo. Talvez a mesma energia que inspirou o império Inca.

Para visitar Machu Picchu, o recomendado é entre maio e setembro. Apesar das baixas temperaturas, neste período não chove tanto.

Uma viagem para Machu Picchu deve ser bem planejada e bem orientada para desfrutar de toda mística que o local oferece. O local só pode receber no máximo 2500 visitas por dia e apresenta diferentes formas de acesso.

Irlanda Celta

A Irlanda é o país que mais preserva traços da civilização celta. Por isso, viajar através de sua histórica cultura é algo inesquecível.

A pequena ilha no Atlântico, repleta de paisagens fantásticas e únicas no planeta, é um dos lugares mais mágicos da Europa . Penhascos gigantescos, vegetação exuberante e verdes colinas completam o ar místico do país.

Suas cidades, como a capital Dublin e as charmosas Galway e Cork, transbordam  urbanidade cosmopolita com pubs, cervejas, atraentes lojas, muita música e a simpatia do povo irlandês. Mas é na paisagem rural da Irlanda, em meio a seus monumentos pré-históricos de grande pedras, como o Dólmen de Poulnabrone e o fascinante Newgrange, mais antigo que as pirâmides do Egito, que o mistério irlandês começa.

Posteriormente, a civilização celta dominou toda ilha, assim como em boa parte da Europa. A diferença fundamental é que o Império Romano nunca exerceu sua influência conquistadora sobre a "Ilha Esmeralda", o que permitiu que seus símbolos e tradições ficassem preservados.

O povo celta dominava a metalurgia, e era muito artístico e avançado. Mesclaram um formidável conhecimento astronômico e saberes da natureza num sistema filosófico e de crenças comparável em sua profundidade às conhecidas doutrinas espirituais do Oriente.
Por toda a Irlanda, incontáveis locais são portais para esses saberes ancestrais - muitos deles visitados em nosso roteiro, como a célebre Colina de Tara, local sagrado para os ritos da realeza Celta.

A simbologia celta, com espirais e triquetras, está presente em toda ilha e é fácil encontrá-la na arquitetura, nos objetos e decorações, e mesclado a outros símbolos cristãos. É o caso da cruz celta, encontrada em túmulos, templos e outros monumentos e locais de grande força espiritual - uma força primordial que atravessa as eras e se mostra disponível, amistosamente, a quem tem olhos de ver.

Por tudo isso, após conhecer a Irlanda todos concordam com o grande dramaturgo e vencedor do Prêmio Nobel, Bernard Shaw:

"A Irlanda, meus senhores, para o bem ou para o mal, não se parece com nenhum outro lugar sob os céus, e ninguém toca seu solo ou respira de seu ar sem que isso o transforme."

Vamos viajar?

A Freeway te leva para diversos tipos de destinos, inclusive se você busca uma dessas viagens místicas citadas.

Em agosto, faremos com Cludio Crow, um mergulho nas heranças celtas, percorrendo a ilha irlandesa através de suas paisagens, lendas, espiritualidade, música e compartilhando da história e magia que a Irlanda proporciona. 

Em setembro, faremos uma viagem sagrada e inesquecível de aventura espiritual e auto-redescobrimento para Machu Picchu, com vivências, celebrações e cerimônias para expansão da consciência, o despertar do Ser e a alegria de viver com Rex Thomas. 

Conhece algum outro destino místico, gostaria de fazer algum outro tipo de viagem? Entre em contato conosco: 11 5088-0999

FALE COM NOSSO CONSULTOR