Blog

Hotel na Dinamarca inova e envolve hóspedes na sustentabilidade

Uma idéia para literalmente juntar a fome com a vontade (e necessidade) de fazer algo pelo planeta. E o melhor é que a notícia vem do setor hoteleiro, normalmente mais associado ao conservadorismo.

Pense em design escandinavo. Junte comida gourmet nórdica. E adicione um staff internacional. Sirva tudo em uma baixela de inteligentes soluções climáticas. O resultado vai te dar uma idéia de uma experiência hoteleira inovadora.

Inédita. Ela vem de um país muito associado com sustentabilidade, a Dinamarca. Onde Copenhagen já é uma cidade bem conhecida por sua consciência ambiental e pelo seu apreço a bikes. Quem dá a letra é o Crowne Plaza Towers de Copenhagen, do grupo Intercontinental. Ele inova, envolve e lidera.

Hóspedes pedalam e geram energia

A partir deste mês o hóspede vai poder gerar eletricidade para o hotel. Melhor. Transformar energia humana em energia elétrica. E ainda fazer exercício físico. Como? Pedalando as novas bicicletas ergométricas do hotel. E tem mais. Ele ainda ganhará uma refeição por isso.

As bikes são equipadas com Iphones, que medem a energia produzida com as pedaladas. A cada 10 minutos de pedalada produzem-se em média 10 watts, e com isso o hóspede já ganha uma refeição….e das boas, já que a comida do Crowne Plaza é de primeira….

O modelo desse ganha-ganha-ganha deve ser um marco para o engajamento prático da sociedade nas questões do clima e do meio ambiente. O hotel economiza, o hóspede ganha, o planeta é poupado, e todos saem ganhando.

Com certeza o Crowne Plaza deu um passo vencedor com esta ação-piloto e ela deverá ser replicada pelos demais hotéis da rede. De qualquer maneira, a idéia de associar exercício físico com economia de energia e ganhos para todos é tão formidável que poderá ser uma semente para gerar outras idéias semelhantes.

A partir de junho estará valendo uma competição entre os ciclistas e os painéis solares do hotel de 366 apartamentos, para ver quem produz mais eletricidade.

Fachada solar é a maior da Dinamarca

Inaugurado há cinco meses, o Crowne é o hotel mais eco-friendly da Dinamarca. Ele já possui a certificação Green Building pelas várias ações e medidas implantadas desde sua construção. Projetado pelo escritório Dissing+Weitling, com três torres de 25 andares, foi planejado para ser sustentável desde o inicio. Entre as ações, orientou-se da melhor forma os prédios em relação ao sol, para aproveitar melhor sua energia. Outras medidas incluem a extração e utilização de água do subsolo, a 100 metros abaixo da superfície, um sistema inovador, economizando até 90% da energia necessária para aquecimento e resfriamento. Os 2000 m2 de painéis solares nas fachadas, a maior fachada geradora de energia solar na Dinamarca, geram 170.000 kWh por ano, equivalente ao consumo de 55 famílias. Como resultado o Crowne Plaza está estabelecendo novos e mais altos padrões para os futuros hotéis sustentáveis, e isso sem comprometer o serviço e o luxo esperado pelos hóspedes. O novo hotel é um 4 estrelas, que busca oferecer uma quinta estrela, a experiência verde, sem cobrar mais por isso.

Com tudo isso o Crowne deixa de ser simplesmente um hotel para se tornar uma estação de hospedagem modelo. Uma EHM. Quem sabe, ditando uma revolução na arte de hospedar.

Quem está fazendo a lição de casa?

Positivo: A Nature Air, companhia de aviação da Costa Rica, a primeira do setor a neutralizar todas as suas emissões de dióxido de carbono (CO2). Através da conservação de 200 hectares de matas nativas na Península de Osa.

Negativo: O projetado Porto Sul em Ilhéus, em meio a mais importante e intocada mancha de mata atlântica da Bahia e do nordeste, e junto aos paraísos ecoturísticos de Itacaré, Maraú e Serra Grande.

FALE COM NOSSO CONSULTOR